terça-feira, 10 de dezembro de 2013

10 de dezembro de 2013...4 anos de grande saudade!


Saudade e' um lugar que so' chega quem amou!

"Tem misericordia de mim oh Deus, pois em Ti minha alma se refugia. A sombra das tuas asas me abrigo." (Salmo 57)

Filho, te amarei eternamente.
De dia e de noite sempre estais nos meus pensamentos e no meu coracao.

Jesus te cubra de bencaos!

Te amo!

Mae

5 comentários:

  1. Saudade meu irmao!! Hoje o dia foi dificil demais.
    Jadna

    ResponderExcluir
  2. Oi Sirlei.
    Estivemos distantes, hoje ao abrir o blog dos Amigos Solidários na Dor do Luto, vi a sua postagem e vim visitar o seu blog..
    Nestas datas a saudades nos atingem muito, ficamos bastante fragilizados,
    Gosto muito de escrever cartas, acho que devemos escrever para eles falando do nosso amor e a historia que vivemos com eles, tempos felizes e cheios de alegria, amiga a saudades é o amor que fica.
    Vamos viver só por hoje, e esperando o dia do nosso reencontro...
    Muita luz e paz ...

    ResponderExcluir
  3. filho como queria te abraçar ...te beijar muito, dizer milhoes de vezes que te amo...nesse teu dia tão especil....teu aniversario o dia daquelo bolo que gostavas tanto...e ainda brincava comigo..ganhei a metade da torta que sobrou de natal e rias muito......que saudades que queima meu coração com uma faca quente.. FELIZ AN IVERSARIO...MEU AMOR eu sei que DEUS em sua infinita bondade , vai enviar os anjos para entregar a vc , minha saudade e éssa mensagen.fica na paz ...meu menino amado..beijos no coração da mae SIRLEI.. um dia de muitas lembraças boa bjssssssssssssssssssssss amor sem limites.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peço um pouco da sua atenção! Estou a conduzir uma investigação com o objetivo de ajudar a compreender quais os mecanismos de coping utilizados pelos pais que perderam um filho, mais particularmente se as crenças que estes possuem ou não, ajudam a ultrapassar com menos pesar esta perda imensa. Neste sentido, venho pedir-lhe por favor para me responder ao novo questionário, demora alguns minutos e de certa forma vai ajudar-me a compreender melhor a situação dolorosa que é perder um filho e consequentemente ajudar outros na mesma situação. Também peço caso tenha um parceiro/a que partilhou a mesma experiência, que peça para este/a também responder. É realmente importante.
      Agradeço imenso o apoio que me têm dado e as histórias que partilharam comigo, caso tenham alguma dúvida sobre o estudo não hesite em contactar-me. Pretendo, assim que o estudo tiver concluído publica-lo para que quem me ajudou veja para o que contribuiu e para que outros pais se vejam também espelhados no meu estudo. Deixo-o/a com o pedido mais formal e com o url do questionário.
      No âmbito da Tese de Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde do Instituto Universitário da Maia, encontro-me a realizar um estudo sobre o processo de luto face à perda de filhos. Este trabalho procura analisar a importância da existência ou não de uma crença durante o processo de luto dos pais. Solicito deste modo a sua participação neste estudo através do preenchimento de um breve questionário. Todas as suas respostas são anónimas e confidenciais e destinam-se exclusivamente a serem analisadas no âmbito deste estudo.
      https://qtrial2015az1.az1.qualtrics.com/SE/?SID=SV_8qpNjkvbw9qGVw1
      Agradeço a sua colaboração. As suas respostas vão permitir uma melhor compreensão e uma melhor ajuda a pessoas em situações de perda.
      A investigadora,
      Nicole Ribeiro

      Excluir
  4. Peço um pouco da sua atenção! Estou a conduzir uma investigação com o objetivo de ajudar a compreender quais os mecanismos de coping utilizados pelos pais que perderam um filho, mais particularmente se as crenças que estes possuem ou não, ajudam a ultrapassar com menos pesar esta perda imensa. Neste sentido, venho pedir-lhe por favor para me responder ao novo questionário, demora alguns minutos e de certa forma vai ajudar-me a compreender melhor a situação dolorosa que é perder um filho e consequentemente ajudar outros na mesma situação. Também peço caso tenha um parceiro/a que partilhou a mesma experiência, que peça para este/a também responder. É realmente importante.
    Agradeço imenso o apoio que me têm dado e as histórias que partilharam comigo, caso tenham alguma dúvida sobre o estudo não hesite em contactar-me. Pretendo, assim que o estudo tiver concluído publica-lo para que quem me ajudou veja para o que contribuiu e para que outros pais se vejam também espelhados no meu estudo. Deixo-o/a com o pedido mais formal e com o url do questionário.
    No âmbito da Tese de Mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde do Instituto Universitário da Maia, encontro-me a realizar um estudo sobre o processo de luto face à perda de filhos. Este trabalho procura analisar a importância da existência ou não de uma crença durante o processo de luto dos pais. Solicito deste modo a sua participação neste estudo através do preenchimento de um breve questionário. Todas as suas respostas são anónimas e confidenciais e destinam-se exclusivamente a serem analisadas no âmbito deste estudo.
    https://qtrial2015az1.az1.qualtrics.com/SE/?SID=SV_8qpNjkvbw9qGVw1
    Agradeço a sua colaboração. As suas respostas vão permitir uma melhor compreensão e uma melhor ajuda a pessoas em situações de perda.
    A investigadora,
    Nicole Ribeiro

    ResponderExcluir